resenha

Nivea Creme – o famoso (e amado) creme da latinha azul: Resenha

O Nivea Creme da latinha azul é um daqueles produtos que tem tantas utilidades que quando você pensa que já explorou todas as formas de usar, vem alguém e te apresenta uma forma nova!

Esse creme que deu origem ao nome da marca (Nivea em latim significa branco como a neve), foi criado em 1911, e no decorrer dos anos, a embalagem do produto teve diversas modificações, porém o creme continua o mesmo!

Provavelmente toda vovó tinha uma latinha dessa no seu arsenal de produtos, despertando a curiosidade e interesse das filhas e netas em querer ter uma latinha do “creme da beleza” para chamar de seu. E foi assim que essa latinha se tornou um clássico dentre os produtos cosméticos e é tão conhecida e querida até hoje.

Para comemorar o sucesso da latinha azul, a Nivea lançou a latinha decorada com corações e que vem com 145g do produto. Essa edição é limitada!

De acordo com a marca: NIVEA Creme é o mais poderoso hidratante da NIVEA para todos os tipos de pele. Oferece à pele tudo o que ela precisa para se manter hidratada, macia e uniforme. Pode ser usado por crianças e adultos, e é indicado para qualquer parte do corpo e do rosto.

Apesar de ser indicado para qualquer área do corpo e rosto e todos os tipos de pele, inclusive para uso em crianças, é bom ter o cuidado de consultar o dermatologista antes de utilizar no rosto, sobretudo se tem pele oleosa. E também é importante consultar um pediatra antes de aplicar nas crianças.

Por que é tão bom?

Para entender todo o poder de hidratação desse creme, vamos aos ingredientes:

Segundo a marca, sua fórmula contem alto teor de glicerina e Eucerit.

Glicerina: Hidratante e umectante; Possui função higroscópica: absorve umidade do ar e transporta para a pele; Proporciona maciez e restaura a elasticidade.

Eucerit ®: Agente emoliente patenteado  pelo Dr. Lifschütz em 1900. Na época, a criação serviu de base para todos os produtos da Beiersdorf, grupo ao qual pertence a marca Nivea. Trata-se da Lanolina, um produto natural obtido da lã do carneiro, muito utilizado em produtos cosméticos pois possui ação hidratante, ajuda a evitar a perda de água pela pele.

Além desses dois principais ativos, podemos ver que logo entre os primeiros ingredientes consta a presença da Parafina líquida.

A parafina líquida não tem nenhuma vitamina ou nutriente, e é muito comum ser encontrada em produtos cosméticos devido ao seu baixo custo. A sua função é a de formar uma barreira na pele impedindo a perda de água, mantendo a hidratação. Essa barreira é retirada no banho pelos tensoativos do sabonete, portanto, EU não vejo problema algum em usar.

Porém, como qualquer derivado do petróleo, possui potencial alergênico, e seu uso deve ser evitado por quem tem alergia a essa substância. Ou ainda, se notar algum sintoma de alergia, procure um médico.

O creme é branco e tem aquele cheiro característico dos produtos da marca. Eu amo esse cheiro, não paro de cheirar quando uso!

É um creme bem denso, mas a medida que entra em contato com o calor da pele vai ficando fácil de espalhar e deixa aquela sensação gostosa de pele macia e hidratada, sem deixar melecada.

Por ter essa consistência e poder umectante, é ideal para peles e áreas ressecadas do corpo.

Formas que eu mais gosto de usar:

Gosto de aplicar nos pés e em seguida colocar uma meia e ir dormir. No dia seguinte já é possível notar os pés mais macios e sem asperezas.

Nos cotovelos e joelhos também é perceptível a recuperação da elasticidade e hidratação da pele.

E também gosto de usar na região das olheiras à noite, quando estou sem um creme bem hidratante específico para essa região. Aplico com batidinhas uma pequena quantidade antes de dormir e retiro pela manhã. Eu tenho a pele do rosto oleosa, mas essa região é sempre muito seca, o que acaba sempre “craquelando” a base ou corretivo e marcando as linhas de expressão.

Mais formas de uso:

Como eu disse no início do post, esse creminho tem tantas utilidades que sempre encontramos ou ficamos sabendo de alguma forma nova de utilizar.

E abaixo mais algumas indicações de uso:

  • Hidratar lábios ressecados: Ótimo para tratar lábios rachado. Passar uma camada do creme, preferencialmente antes de dormir porque ficam bem oleosos, e pela manhã já estarão melhores.
  • Hidratar o rosto: Entre todas as formas de uso, acredito que a mais gera dúvidas seja sobre seu uso na pele do rosto.

Esse creme é um dos ingredientes das receitinhas mais famosas de anti-idade, a máscara facial do Dr. Ivo Pitanguy.

Já vi muitas pessoas dizerem que utilizam esse creme como único anti-idade da vida! Até porque, manter a pele hidratada é um dos fatores que retardam o envelhecimento.

Contudo, em se tratando de pele oleosa (meu caso) é necessário ter cuidado devido a sua textura e composição.

Eu uso somente na região das olheiras, porque é muito seca, e até arrisco a usar como máscara facial, deixando por 30 minutos e retirando em seguida.

Como sempre digo, é necessário que cada um avalie a necessidade de sua pele e até faça testes para descobrir o que funciona para você. E primordial sempre: consulte um dermatologista!

  • Hidratar àrea dos olhos: Uma das formas que mais gosto de usar. Deixa a área mais lisa, tira o aspecto de cansaço dos olhos. Aplico a noite com batidinhas e removo pela manhã.
  • Hidratar pés, mãos, cotovelos e outras áreas ressecadas: Outra forma em que o Nivea Creme mostra todo o seu poder hidratante, restaurando as áreas mais ressecadas.
  • Demaquilante: Na falta de um demaquilante oleoso, bifásico ou em creme, o Nivea Creme pode ajudar a remover maquiagem e máscaras de cílios se não forem muito pesadas. Não achei que remove bem máscaras à prova d’água, por exemplo. 
  • Prevenção de rugas: Muito utilizado na receitinha de creme anti idade do Dr. Ivo Pitanguy ou mesmo como máscara facial, deixando agir por 30 minutos e retirando em seguida. É indicado usar 3 vezes na semana apenas. 
  • Prevenção de estrias: Misturado com óleo de rosa mosqueta. 
  • Prevenção e tratamento de assaduras: Por formar uma barreira na pele, previne assaduras e ajuda a tratar devido a hidratação que proporciona.
  • “Pomada” para os cabelos: Usar bem pouquinho, uma “sujadinha” de dedos para abaixar o frizz ou fios arrepiados em penteados. Não esquecer de lavar com shampoo com poder de remover a parafina líquida (shampoo com sulfato). 
  • Alivio do incômodo causado pelo sol: Refresca e alivia a pele
  • Hidrata e amolece as cutículas: Quem não tira as cutículas sabe que para mantê-las bonitas é necessário hidratar muito. É só aplicar, massagear e se quiser, empurrar com um pauzinho de laranjeira. E para quem tira, aplicar o creme, massagear, aguardar alguns minutos e fazer a cuticulação.
  • Hidratar couro: O couro de bolsas, sapatos, jaquetas e outras peças feitas com o material também precisa ser hidratado para que não fiquem com aspecto ressecado e mantenha o brilho e beleza das peças.
  • Melhorar a fixação de perfumes na pele: Essa utilidade eu adaptei de uma dica antiga, de usar vaselina no local onde aplicamos perfumes para melhorar fixação. Como eu não tinha vaselina em casa, testei com o Nivea Creme e deu super certo! Basta aplicar o creme na região onde vai aplicar o perfume, sem deixar absorver completamente, e depois borrifar o perfume. O cheiro do produto interfere pouco no cheiro da fragrância, dependendo do perfume não se nota diferença alguma. E também conta o fato de que os perfumes fixam melhor em peles hidratadas.

 

E vocês, também usam e amam esse creme? Tem mais alguma forma de uso para compartilhar comigo? Comenta aí 😉


Te convido a conhecer e curtir a página do blog no Facebook: https://www.facebook.com/bemmequeroblog e no Instagram: @bemmequeroblog https://www.instagram.com/bemmequeroblog e fique sabendo sempre que tiver resenhas e posts novos!

Comente com o Facebook


Deixe o seu comentário!