bem-me-quero

O que comer na Low Carb? – Lista de Alimentos para a dieta Low Carb

Quando falo que faço uma alimentação low carb, ou quando as pessoas me veem comendo, parece que estou falando ou fazendo algo impossível ou insano: “Ficar sem pão? Você não come arroz e feijão? Ah isso é loucura…” E por aí vai.

Mas se as pessoas parassem para observar a vasta quantidade de alimentos que podemos comer oferecendo o que há de melhor para nutrir nossos corpos e parar de focar no que é restrito ou proibido nesse estilo de alimentação, tudo seria mais fácil.

Gosto de frisar que eu não estou indicando a dieta a ninguém. Estou apenas contando e registrando no meu blog pessoal a minha experiência e resultados com o novo estilo de alimentação que tem me trazido diversos benefícios, pois como bem e saudável!

Eu sei que esse tipo de tabela tem às pencas no face, instagram, grupos, etc. Mas como quero deixar as coisas organizadinhas por aqui na introdução desse assunto, resolvi fazer esse post com uma lista e algumas considerações do que eu pratico na minha alimentação.

Para começar, sabemos que uma alimentação saudável e fundamental ao nosso organismo é composta pelos macronutrientes: Carboidratos, Proteínas e Lipídeos.

A proporção de cada grupo de alimentos vai depender do seu objetivo e da prescrição do seu nutricionista. Não vou entrar em detalhes disso aqui, porque é muito individual. Contudo, a Low carb tem como princípios: Comer somente quando se tem fome e até a saciedade, bom senso é fundamental!

Então segue a Lista Básica de alimentos que podem ser consumidos na Low Carb. Chamo de “básica” porque nela coloquei somente os alimentos mais acessíveis e comuns mesmo, mas a variedade de alimentos que existem na natureza é tão grande e dependendo da região, outros alimentos também são acessíveis.

Mas essa “listinha” é um ótimo começo, dá para inventar, criar combinações e saborear com prazer essa variedade de opções deliciosas e saudáveis.

Se deseja consumir algum alimento que não está listado, consulte a tabela TACO (Tabela Brasileira de Composição de Alimentos) para saber se o alimento pode ser encaixado no seu cardápio.

Considerações sobre Cenoura, Beterraba e outras raízes e tubérculos:

Se você já fez alguma outra dieta com restrição de carboidratos antes, provavelmente viu as pessoas “crucificarem” as cenourinhas e beterrabas. Até mesmo entre os adeptos da Low carb, esses alimentos não são bem aceitos.

Porém, o Dr. Souto mesmo diz que medidas moderadas desses alimentos são aceitáveis. Logo, é bom não exagerar, assim como qualquer outro alimento, mas também não precisa ficar com medo deles. A qualidade nutricional desses alimentos compensa os graminhas a mais de carbo que eles possuem!

Segundo a TACO (Tabela Brasileira de Composição de Alimentos) a cada 100g de cenoura crua temos 7,7g de carbo, sendo 3,2 de fibras. Total de 4,5G de carboidratos líquidos. E sobre a beterraba cozida, são 7,2g de carbo, sendo 1,9g de fibras. Total de 5,3g de carboidratos líquidos. Portanto, #nãopira pq dá para incluir esses alimentos na dieta, sim!

Considerações sobre Laticínios e os alimentos da lista “Outros”

Agora vou dar uma opinião bem pessoal sobre esses alimentos, baseada na minha experiência com a dieta.

Exceto os adoçantes (que uso raramente) e os temperos, eu já notei que os outros itens “travam” meu emagrecimento, e pelo o que já li nos comentários de outras pessoas, isso não acontece só comigo!

Se notar que o emagrecimento deu uma “travada”, talvez esses alimentos sejam os culpados e seja hora de dar uma freada.

Então, é bom usar esporadicamente, em alguma receita, ou quando a vontade de comer algo “diferente” é incontrolável.

Resumindo:

Mantenha o básico, comida de verdade, alimentos encontrados na feira e açougue, menos rótulos e menos alimentos ultraprocessados. Sucesso!!!

_

Instagram onde posto minnhas refeições low carb: @lowcarbbete (https://www.instagram.com/lowcarbbete/)

Comente com o Facebook


2 comentários

Deixe o seu comentário!