cabelos

Método UCPE para retirar a umectação dos cabelos

O método UCPE garante que os benefícios e resultados obtidos com a umectação capilar sejam preservados. Eu falei nesse post aqui que utilizava creme antes do shampoo para ajudar a retirar a umectação e pouco tempo depois, descobri essa técnica e achei bem mais eficiente, porque não precisa nem usar o shampoo.

Se ainda não sabe o que é umectação, aqui tem um resumo: Umectação Capilar

Se você já é adepta da umectação, deve ter percebido uma certa dificuldade em remover o óleo dos cabelos. E quando vai lavar, precisa usar muito shampoo: 2, 3 demãos ou mais, para conseguir remover todo o óleo.

O problema de remover o óleo do cabelo aplicando o shampoo direto é que acaba ressecando os fios e até retirando parte do tratamento que foi feito nos cabelos.

Isso acontece porque quanto mais shampoo você usa, mais as cutículas do cabelo se abrirão e o shampoo removerá não somente o óleo que  foi aplicado, mas também os nutrientes depositados nos fios. Assim, algumas áreas dos cabelos ficarão ressecadas e sem vida devido a agressividade e adstringência do shampoo.

Então surgiu essa técnica, provavelmente criada por alguma cacheada (gringa talvez), onde utilizamos um creme/condicionador que vai se juntar ao óleo que está no cabelo, e quando enxaguar, a água removerá o creme + óleo.

Para fazer é só seguir o passo a passo abaixo:

 

Bem simples:

  • Fazer a umectação com óleos vegetais e deixar o óleo nos cabelos pelo tempo de costume (eu deixo no mínimo 2 horas) ou fazer a umectação noturna (minha preferida!).
  • Aplicar um creme que seja livre de petrolatos, parafina e silicones, mecha a mecha, enluvando. Aplique até sentir que todas as mechas estão com o creme. Vai muito creme mesmo nessa etapa, não tem como economizar.
  • Pausar por 30 minutos a 1 hora.
  • Enxaguar com água morna.

Por experiência própria, sugiro utilizar condicionador depois para evitar o frizz. No caso de utilizar condicionador/creme com antóferos (agentes de limpeza) o uso de condicionador é obrigatório. Os cremes que vem escrito Co-wash, geralmente possuem antóferos.

É importante não utilizar fonte de calor como secador, difusor, chapinha e babyliss no dia que fizer o método. Deixe para usar após a próxima lavagem, que pode ser 24h depois.

Qual creme utilizar para técnica?

Temos que olhar na composição e ver se o creme é livre de petrolatos, parafina, óleo mineral e silicone, que são substâncias não solúveis em água. Como não usaremos shampoo, pode ocorrer acúmulo de resíduos nos fios, tornando o cabelo opaco e pesado.

Para facilitar, são os creme liberados para as técnicas No Poo e Co-wash. Felizmente, muitas marcas nacionais já indicam na embalagem se o produto é “Liberado”, ou já consta “No Poo” ou “Co-Wash”.

Abaixo algumas sugestões dos cremes que podem ser usados:

Como utilizamos uma boa quantidade de creme para fazer essa técnica, as melhores opções são aqueles que vem mais e são mais baratos 😉

Obs: Os cremes que vem escrito Co-wash, geralmente possuem anfótero betaínico – cocoamidopropil betaína. É obrigatório utilizar um condicionador comum depois para fechar as cutículas dos fios.

O creme pode ser utilizado na raíz?

Poder, pode. Esses cremes foram feitos justamente para as adeptas das técnicas que usam shampoo sem sulfato (low poo) ou não usam shampoo (no poo), e elas usam na raíz, sim. Mas se você não se sente confortável, veja a resposta da próxima possível pergunta abaixo.

Cabelos oleosos podem fazer essa técnica?

Assim como quem tem cabelos oleosos podem fazer a umectação, também podem fazer a técnica UCPE. Mas se você tem oleosidade excessiva e vai se sentir melhor, depois de enxaguar o creme, pode usar shampoo na raíz e puxar a espuma para as pontas. Os resultados serão os mesmos? Não, mas é melhor do que lavar direto com shampoo, com certeza!

O cabelo fica oleoso e pesado? 

O MEU cabelo é fino, com tendência a pesar com facilidade, mas ele não fica oleoso/pesado quando uso essa técnica porque o creme é bem levinho e é enxaguado. Se eu quiser ficar sem lavar por mais de 24h, consigo tranquilamente.

Mas pode acontecer, sim com quem tem os cabelos com tendência a ficarem mais pesados e oleosos ainda que os meus, mas não acredito que seja algo que incomode. O bom é testar pelo menos 1 vez, depois adapta como preferir: usando o shampoo depois ou fazer com menos frequência.

De quanto em quanto tempo utilizar a técnica?

O ideal é fazer umectação 1 vez por semana ou a cada 15 dias, certo? Então pode-se realizar a técnica toda vez que fizer o tratamento. Só tem que se atentar que deve ser em um dia que você não se importe em não finalizar o cabelo com fonte de calor e que 24h depois deve lavar como de costume, com shampoo.

Quais são os resultados esperados?

Cabelos com o peso que toda nutrição dá, os fios ficam mais alinhados e com menos frizz e volume.

O método UCPE exige só mais um pouco de tempo na etapa de nutrição, mas no final vale a pena pelo resultado!


Te convido a conhecer e curtir a página do blog no Facebook: https://www.facebook.com/bemmequeroblog e no Instagram: @bemmequeroblog https://www.instagram.com/bemmequeroblog e fique sabendo sempre que tiver resenhas e posts novos!

 

cabelos

Linha Umidiliz da Nova Muriel – Resenha

Estou aproveitando essa minha fase de pausa no uso da chapinha para usar a linha Umidiliz que é lançamento da Nova Muriel.

Esse post é sobre o primeiro teste da linha. Eu gosto de usar pelo menos 3 vezes um produto para poder ter uma opinião concreta e trazer a resenha. Mas como sigo um cronograma e demoro a usar uma mesma linha de novo e também porque não sei até quando vai essa minha fase cacheada/ondulada, resolvi já escrever sobre minhas primeiras impressões. Até porque, muitas vezes, a primeira impressão é a que fica, né?!

Mas quando eu usar novamente a linha, se obter resultados e impressões diferentes, eu edito e atualizo o post.

A linha Umidiliz foi criada para cabelos ondulados tipo 2A, 2B  e 2C. Que são os cabelos que não são lisos, mas também não chegam a formar cachos definidos, aquelas molinhas.

São quatro produtos que compõem a linha: Shampoo, Máscara, Condicionador e Ativador de ondas. E é importante usar toda a linha para obter os resultados prometidos pela Nova Muriel.

A promessa da linha é hidratar, combater o frizz e modelar as ondas sem pesar.

Principais ativos da linha Umidiliz:

Amido de Milho: Confere sensorial de cabelos sedosos. Combate o frizz.

Açúcar: Por ser proveniente da cana-de-açúcar, possui vitaminas e minerais. Promove um polimento capilar, renovando o brilho e proporciona maciez.

D-Pantenol:  Pró-vitamina B5, tem a função de levar água para dentro dos fios, sendo um poderoso hidratante.

Aminoácidos: Para força e resistência aos fios.

Óleo de Rícino: Contém vitamina E, que é antioxidante. Sela as escamas dos fios, mantendo a hidratação e proporcionando brilho.

Vitamina A: Auxilia no crescimento, fortalece a raíz.

Como usei:

Usei conforme as instruções das embalagens.

Apliquei o shampoo somente na raíz e no enxágue puxei a espuma para o comprimento e pontas;

Retirei o excesso de água com uma toalha e apliquei a máscara em mechas. Deixei agir por 10 minutos. Na embalagem indica pausa de no mínimo 10 e no máximo 20 minutos. Eu sempre deixo o mínimo porque meus cabelos são finos, para não pesar demais.

Enxaguei e depois apliquei o condicionador também em mechas e deixei agir por 3 minutos. E depois de retirar o excesso de água, apliquei o ativador de ondas.

Eu ainda não tenho prática naquelas técnicas de fitagem e dedoliss (efeito de babyliss com os dedos), tenho que aprender tudo isso, depois de tanto tempo só alisando os fios. Mas então dividi o cabelo em quatro partes, aplique o ativador em mechas e “tentei” modelar as ondas com as mãos.

O que eu achei de cada produto:

Shampoo: O shampoo é perolado e tem uma consistência que eu amo em shampoos, que não é ralo e nem gelatinoso, o que facilita aplicar a espalhar na raíz. Ele é Few Poo (baixa detergência), limpa sem ressecar os fios.

Máscara: Durante o uso, não senti que é uma máscara emoliente, daquelas que desembaraçam e já deixam os fios molinhos. E senti as pontas um pouco ásperas. Na própria embalagem diz que ela abre as cutículas dos fios para melhor penetração dos ativos. Por isso, o uso do condicionador depois é indispensável para selar as cutículas. Para quem (como eu) prefere máscaras que já deixam os fios “derretendo” enquanto está agindo, pode estranhar um pouco.

Condicionador: Depois que usei o condicionador aí sim senti os cabelos mais desembaraçados e hidratados.

Ativador de ondas: Acredito que é a estrela da linha. Ele fecha o tratamento, deixando os cabelos mais macios e sedosos, facilita a modelagem das ondas e também a ajuda a fixar as ondas que foram formadas.

Embora a marca indique usar todos os produtos da linha, se eu fosse classificar em ordem de preferência, eu gostei mais do Ativador de Ondas (em primeiro lugar); Em segundo lugar, do shampoo; Em terceiro lugar do condicionador; E por último da máscara. Eu iria gostar mais dela se ela deixasse os cabelos mais desembaraçados e emolientes durante o uso. Mas isso é uma preferência pessoal, e também é aceitável já que a marca diz que ela abre as cutículas, sendo necessário utilizar o condicionador depois.

Resultado e considerações finais:

Como eu falei, eu ainda não tenho muita prática em modelar os fios ondulados, estou aprendendo a lidar com eles. Mas em comparação a outros produtos que uso/já usei, achei que facilitou muito modelar e manter os fios no lugar. Notei que o cabelo ficou com menos volume, eu particularmente gosto disso, mas sei que muitas onduladas gostam daquele efeito de cabelo cheio. O frizz foi reduzido consideravelmente e os cabelos ficaram bem macios.

É uma linha que entra na fase de Hidratação do Cronograma capilar, e também tem leve efeito reparador por conta dos aminoácidos presentes na fórmula.

O ativador de ondas, que foi o produto que mais gostei, já adotei para toda a minha vida de ondulada! Sempre que eu for usar os cabelos ondulados, vou usar esse produto.

A linha ainda não chegou nas lojas, mas segundo a Nova Muriel, chega ainda nesse mês de outubro. Se usarem, venham aqui me contar se tiveram os mesmos resultados que eu, ok?!

Beijo


Te convido a conhecer e curtir a página do blog no Facebook: https://www.facebook.com/bemmequeroblog e no Instagram: @bemmequeroblog https://www.instagram.com/bemmequeroblog e fique sabendo sempre que tiver resenhas e posts novos!

cabelos

Férias (temporárias) para o secador e chapinha – Tô de cacho

Poucas pessoas sabem que meu cabelo natural é cacheado.

Tanto as pessoas que conheço pessoalmente, como as que só me conhecem virtualmente, estão acostumadas a me verem só com o cabelo chapado e liso.

Juro que eu nem lembro mais quando foi a primeira vez que fiz escova progressiva, acho que eu tinha uns 19 anos, hoje tenho 29, ou seja, 10 anos de cabelo alisado.

 

Eu fiquei uns 2 anos sem utilizar a química para alisar, e mantinha o cabelo alisado só com chapinha. Claro, usando protetor térmico, defrizante, e outros produtos que protegem do calor e ajudam a manter a forma alisada dos cabelos. Além disso, sempre tratei muito com máscaras, cronograma capilar, umectações e tudo mais.

Há uns 6 meses eu resolvi fazer uma progressiva novamente. Até onde sei, sem formol. No primeiro mês eu gostei do resultado. É muito mais prático não ter que se preocupar tanto com a finalização depois de lavar os cabelos.

O tempo foi passando e fui sentindo que as cutículas dos meus cabelos foram abrindo de tal forma que nada segurava, nem tratamento e nem matização. Tentei de tudo: acidificante, umectações, pré-poo em todas as lavagens, cronograma capilar. Enfim, tudo o que poderia fazer eu fiz!

Antes de ter feito essa progressiva, eu conseguia só alisar o cabelo com a chapinha e os danos causados por ela eram quase imperceptíveis porque eu tratava muuuito! Mas agora percebi que precisava fazer algo a mais para recuperar os cabelos.

Aí comecei a pensar nos danos que a chapinha faz nos cabelos. E como eu sempre utilizei chapinha, comecei a cogitar a possibilidade de dar um tempo e deixá-la de lado um pouco enquanto faço um intensivão de cuidados com os cabelos para recuperá-los.

A chapinha desidrata os cabelos, alguns especialistas da área afirmam que ela retira até 70% da umidade do fio. Sabe quando usamos uma máscara ou tratamento nos cabelos e depois finalizamos com chapinha? Grande parte do resultado do tratamento nós perdemos com esse processo.

Por isso quando leio alguem dizendo que todo cabelo finalizado com chapinha fica lindo, tenho que discordar! Se o cabelo permanece bonito, sedoso, com brilho, aparência de hidratado e saudável mesmo depois da chapinha, é porque o tratamento é bom mesmo!

Um cabelo danificado, poroso e com pontas espigadas, tende a ficar pior depois do uso da chapa. E com o tempo, a situação do cabelo vai se agravando.

Mas não adianta, eu gosto do meu cabelo alisado mesmo! Eu acho lindo quem consegue manter o cabelo cacheado, bem definidinho e com volume ideal. Mas não é pra mim!

Eu até já tentei fazer a tal transição capilar, que é deixar de usar químicas para alisar e assumir as ondas, mas eu me olhava no espelho e já não me reconhecia sabe? No fim eu ficava frustrada, achando que isso era “não aceitação”. Mas na verdade, não aceitação e você fazer algo que não te deixa feliz! E se hoje temos tantas possibilidades de mudar de cor ou de formato dos cabelos, com tantos produtos e aparelhos que possibilitam e facilitam as transformações, porque não usar e fazer o que se tem vontade, certo?

Eu só estou dando esse tempo na chapinha porque preciso mesmo descansar os cabelos e fazer com que os tratamentos sejam mais efetivos. Mas depois volto ao cabelo alisado e feliz! Estou até pensando em fazer um botox pra selar todo esse tratamento e facilitar o processo. Até eu sentir que os cabelos estão recuperados eu penso no que fazer.

E vocês, usam muito o secador e chapinha? Ou mantem o cabelo natural, liso ou cacheado?


Te convido a conhecer e curtir a página do blog no Facebook: https://www.facebook.com/bemmequeroblog e no Instagram: @bemmequeroblog https://www.instagram.com/bemmequeroblog e fique sabendo sempre que tiver resenhas e posts novos!

 

cabelos

Máscara Poderosa Mega Power Forever Liss – Resenha

A máscara Poderosa Mega Power Forever Liss não tem esse nome à toa!

Só pela composição do produto eu já imaginava que ela seria uma daquelas nutrições potentes, capaz de tratar cabelos secos e ressecados, necessitados de reposição lipídica. Eu não via a hora de ter um potinho desse em mãos!

Descrição do fabricante: A Máscara Poderosa Mega Power Forever Liss nutre, repara e hidrata intensamente na camada mais profunda da fibra capilar deixando os fios protegidos do ressecamento causado por agressões diárias do tempo e altas temperaturas. Fórmula inovadora com alta concentração de Extrato de Caviar, Ceramidas, Óleo de Coco, Óleo de rícino,  D’pantenol que restauram a camada lipídica dos cabelos e garante fios macios, brilhantes totalmente hidratados e fáceis de pentear.  Com efeito teia, e com sensorial ultra-emoliência.

Os principais ativos:

Extrato de Caviar: Antioxidante, Rico em vitaminas e aminoácidos. Confere força e elasticidade aos cabelos.

Ceramidas: Lipídio capaz de unir as escamas do cabelo, retendo a hidratação. Combate o frizz e porosidade.

Óleo de Coco: Aquele óleo do <3 Rico em ácidos graxos, vitaminas E e K. Proporciona maciez, hidratação e brilho.

Óleo de Rícino: Contém vitamina E, que é antioxidante. Sela as escamas dos fios, mantendo a hidratação e proporcionando brilho.

D-Pantenol: Pró-vitamina B5, tem a função de levar água para dentro dos fios, sendo um poderoso hidratante.

Como podemos ver, a composição da máscara é mesmo muito poder! Ela tem ativos tanto de hidratação, como de nutrição e reparação.

A marca ainda diz que possui 10 benefícios em 1 produto:

  • Repara cabelos secos e danificados
  • Protege do calor do secador e chapinha
  • Dá brilho e controla o frizz
  • Deixa os fios suaves e sedosos
  • Desembaraça
  • Nutre profundamente
  • Hidratação máxima
  • Previne pontas duplas
  • Dá corpo e maciez aos fios
  • Facilita o pentear

Posso afirmar que ela cumpre com louvor com 8 dessas 10 promessas.

Duas dessas promessas só teremos como avaliar com o tempo, que é a prevenção de pontas duplas e a proteção do calor do secador e chapinha. Já que ela é uma máscara e não um leave-in sem enxágue, acredito que a marca quis dizer que ela evita que os cabelos quando submetidos ao calor percam muito de sua hidratação durante o processo, o que torna os fios opacos e porosos.

A máscara está disponível em potes de 1kg e 250g. O pote é plástico com tampa de rosquear na cor preta e tem rótulo com estampa animal print de oncinha.

Um ponto que sempre presto atenção é com relação ao cheiro. E ela é muito cheirosa, tem a mesma fragrância do perfume J’adore, mas nos cabelos fica bem suave, e também depende  do leave-in utilizado na finalização.

Modo de usar: Aplicar nos cabelos úmidos, distribuir uniformemente com a ajuda de um pente, pausar por 10 minutos. Enxaguar e finalizar como costume.

A linha não tem outros produtos como shampoo e leave-in para complementar o tratamento.

A máscara é branca e no pote é de consistência durinha, parece uma manteiga, mas nos fios é super fácil de aplicar e distribuir porque tem efeito teia.

Durante a aplicação já dá pra perceber os fios “derretendo” de tão nutridos. E após o enxágue esse sensorial permanece.

A marca não informa o pH da máscara na embalagem, mas não senti necessidade de usar condicionar após o uso. Só a máscara já é suficiente para sentir os fios bem macios e com as cutículas mais seladas.

Meu cabelo está meio poroso ultimamente, e senti que a máscara tratou bem esse ressecamento. Com certeza é uma das melhores máscaras nutritivas que já usei!

Meu cabelo é fino, e não senti que pesou porque estava precisando mesmo de uma máscara bem oleosa como essa. Mas talvez em cabelos que não estejam tão necessidades de uma máscara lipídica, deixe um pouco pesado. Mesmo nesse caso acho que vale a pena testar e até deixar menos tempo do que o informado. É um nutrição poderosa! 


Te convido a conhecer e curtir a página do blog no Facebook: https://www.facebook.com/bemmequeroblog e no Instagram: @bemmequeroblog https://www.instagram.com/bemmequeroblog e fique sabendo sempre que tiver resenhas e posts novos!

resenha

Esfoliante Acne Proofing Neutrogena – Resenha

Hoje trago a resenha do Esfoliante Facial Acne Proofing da Neutrogena, que estou usando atualmente.

Essa linha foi lançada recentemente pela Neutrogena, e como eu estava precisando de um esfoliante resolvi investir primeiro nesse produto.

A linha é indicada para limpar, reduzir e prevenir o aparecimento de acne.

Descrição da marca sobre o esfoliante: Limpa, reduz e trata a acne profundamente ao mesmo tempo que não agride a barreira natural da pele, estimulando a construção de um escudo natural que previne novas crises de acne. Com microesferas esfoliantes e ácido salicílico, remove o excesso de sebo e desobstrui os poros.

O esfoliante, assim como o restante da linha, possui na composição o Ácido salicílico, um ativo que possui propriedades esfoliantes, antimicrobianas e reguladoras de oleosidade.

Ele age melhorando o aspecto e textura da pele. Ajuda a impedir infecções causadas pela bactéria que provoca a acne. E com sua função seborreguladora, remove o excesso e ajuda a controlar a oleosidade da pele.

O ácido salicílico é menos agressivo que outros ácidos também indicados para esfoliar e melhorar o aspecto da pele, porém estima-se que 1% da população mundial possui hipersensibilidade a esse ativo, podendo causar alergia. Portanto, apesar de ter venda liberada sem prescrição em farmácias, é sempre importante consultar um dermatologista para indicar ou não produtos com esse ativo para a sua pele!

O produto é em gel e possui dois tipos de esferas esfoliantes: microesferas em maior quantidade de cor branca e algumas um pouco maiores laranjinhas.

Essas esferas são suficientes para promover uma esfoliação suave mas eficiente. Não se sente dor ou incômodo enquanto friccionamos o produto na pele, entende?

Eu tenho a pele bem tolerante à dermocosméticos com ácido salicílico, mas com este notei que a minha pele ficou repuxando um pouco e com sensação de ressecamento após o uso. Então, logo depois uso o tônico, água termal e hidratante para reequilibrar a pele e minimizar essa sensação. Como é um produto que uso de 1 a 2 vezes por semana, isso não me incomoda e nem notei descamação na pele.

Gostei muito do poder de adstringência e esfoliação do produto, pois gosto desses que fazem uma limpeza profunda mesmo, já que não estou fazendo uso de ácidos no momento. Notei também que ele diminuiu os pontos negros em algumas áreas do rosto, como bochecha e ponta do nariz e dessa forma, a oleosidade da minha pele se manteve controlada nos dias seguintes ao uso.

É um esfoliante com um bom custo-benefício em relação à outros que fazem a mesma função disponíveis no mercado. Mas não se esqueça de consultar seu dermatologista para saber se é adequado para sua pele, especialmente se tem a pele sensível!

Preço médio: R$40 a embalagem com 100g em farmácias e drogarias físicas e virtuais.


Te convido a conhecer e curtir a página do blog no Facebook: https://www.facebook.com/bemmequeroblog e no Instagram: @bemmequeroblog https://www.instagram.com/bemmequeroblog e fique sabendo sempre que tiver resenhas e posts novos!